Marketing Social

O Marketing pode ser um grande aliado das empresas para que elas possam estabelecer a sua imagem, podendo ser lembradas pelos consumidores de acordo com a mensagem que é veiculada. Existem diversas maneiras de estabelecê-lo e o Marketing Social, que tem sido cada vez mais incorporado na comunicação das empresas, é uma delas.



O marketing social é um tipo de marketing que tem o direcionamento principal das suas ações para fins sociais, tendo a comercialização como algo secundário para a mensagem da marca. Ou seja, ao invés de focar na venda de produtos e serviços, o foco é direcionado à promoção da empresa por meio de ações que sejam benéficas para causas sociais e ambientais. Esse conceito surgiu em 1971, quando Gerald Zaltman e Philip Kotler tiveram a percepção que o marketing pode ir muito além de vender produtos e serviços, podendo também ser uma grande ferramenta para propagar e influenciar atitudes, comportamentos e causas.


Sendo aplicada, esse tipo de estratégia de comunicação pode gerar grandes benefícios para todos os envolvidos: tanto para as pessoas que entram em contato com causas relevantes e são influenciadas a engajarem com temas que beneficiam a sociedade, quanto para a empresa que mantém uma imagem positiva, podendo assim consolidar seus valores e fortalecer sua mensagem no mercado.


Algumas marcas possuem o Marketing de causa como principal ferramenta de mensagem da marca, além de terem os valores sociais como o ponto principal para a atuação da empresa. A Patagonia é uma marca norte-americana de roupas esportivas e de inverno que possui a sustentabilidade ambiental como o principal pilar da empresa. Ela garante uma roupa com grande durabilidade, dá grandes garantias das suas peças e possui uma oficina de conserto de peças que são danificadas, além de uma área no site onde pode-se comprar e vender roupas usadas. A empresa também doa 1% de todas as suas vendas para a preservação e restauração do meio-ambiente. Tudo isso é feito para priorizar o menor consumo de energia e de água, além de diminuir a produção de lixo, trazendo o conceito da "Slow Fashion", batendo de frente com marcas que agridem o planeta na "Fast Fashion'', que é a maneira mais vista no consumo de roupas no século XXI.


Existem outras marcas que incorporam o Marketing Social pontualmente, trazendo-o em forma de projetos específicos e campanhas, como a Farm. A marca de roupas originária do Rio de Janeiro já fez parcerias com tribos indígenas, comprando estampas desenhadas por nativos e doando parte das vendas da empresa para auxiliar na estrutura do local. Além disso, a empresa tem o costume de dar visibilidade à produtos que tenham o viés de fortalecimento das mulheres, o que tomou forma na parceria realizada com a Pantys, marca de calcinhas absorventes para o período menstrual. Essas e outras muitas e variadas ações são tomadas sempre em prol a uma causa social ou ambiental.


Para montar uma estratégia de Marketing Social é preciso entender bem sobre o público-alvo da empresa e a mensagem ideal que deve ser passada. Além disso, é essencial que os objetivos, os valores e perfil da empresa estejam alinhados com as ações sociais que serão desenvolvidas. A ESPM Jr. possui o Plano de Marketing, o Plano de Comunicação, e o Plano de Branding, que incluem a elaboração da melhor estratégia para a sua empresa.


Se você está em busca de aprimorar o Marketing Social da sua empresa, agende um diagnóstico grátis e conheça os nossos serviços em nosso site por meio do link abaixo.

Clique aqui para agendar um diagnóstico grátis!


Texto por: Rafaela Koury.



Posts recentes

Ver tudo