Tráfego Orgânico: A estratégia digital mais valiosa

Atualmente, a força dos veículos de comunicação digitais são inegáveis e os movimentos através desses meios, como o Marketing Digital, estão cada vez mais fortes e enraizados dentro do cenário da publicidade. Porém, o que muitos podem achar que é simplesmente fazer uma postagem bem estruturada e bonita, na realidade possui uma série de diversos outros fatores que são levados em consideração. Com isso em mente, pode-se notar algo que é de extrema importância para movimentar esse veículo, o tráfego orgânico.

“No que se baseia o tráfego orgânico?”, “O tráfego orgânico é tão relevante assim por quê?” e “Qual o sentido de utilizar o tráfego orgânico se posso pagar para alcançar públicos maiores?” Essas e muitas outras são perguntas que normalmente são feitas por pessoas que não compreendem muito bem o uso desta técnica e as vantagens que a mesma atribui para o marketing do seu conteúdo, produto ou serviço. Para começar, o tráfego orgânico pode ser considerado o público que está se conectando com seus conteúdos de maneira espontânea, sem a necessidade de anúncios e propagandas para que estes o encontrem, sendo o potencial consumidor mais engajado que o seu produto pode ter.


Com isso em mente, pode-se notar as diferenças evidentes do tráfego orgânico para o pago. Em um primeiro momento, o mecanismo pago pode parecer mais vantajoso por ser mais rápido e por atribuir mais gente ao seu negócio em um curto espaço de tempo, porém, para que esse tipo de tráfego ocorra, é necessário a manutenção constante das campanhas que estão sendo designadas, quantidades monetárias consideráveis para manter um marketing de qualidade e isso nos mostra que, ao parar com a injeção de dinheiro e cuidados com essa prática, os resultados podem cair e não melhorar como é esperado. Isso se dá pois o tráfego pago não tem a força de fidelização do consumidor que é desejada, apenas conseguindo aumentar o seu alcance, porém não engajando o público que chega a ponto de se manter conectado com o seu negócio. Já o orgânico, embora necessite de um maior período para acarretar em resultados satisfatórios, se feito da maneira correta, trará consigo um público muito mais aplicado, engajado e fácil de converter em uma venda. Além disso, os resultados desta prática são mais duradouros, permitindo que essas pessoas que chegam através do orgânico, permaneçam mais tempo consumindo o seus conteúdos.


Outro ponto muito importante de se destacar do tráfego orgânico são as estratégias que o compõem. Entre elas, temos o Search Engine Optimization (SEO) que consiste, de maneira simplificada, em tornar o algoritmo das plataformas em que seu negócio se encontra presente, como o Google, Youtube, Facebook, Instagram, entre outros, em aliados para reconhecer o seu conteúdo como tendo qualidade e originalidade, entregando-o para os indivíduos que buscam os temas relacionados à ele. As estratégias de SEO estão presentes em todos os conteúdos consumidos dentro da internet, um exemplo disso é a repetição do termo “Tráfego Orgânico” feita propositalmente nesse post para que o algoritmo entenda que de fato o conteúdo produzido em determinada página seja factível com o que é prometido no momento antes de acessá-la, para, assim, evitar os conhecidos Click Baits (termo utilizado para conteúdos que são atrativos, porém não entregam o que prometem). Logo, o SEO é importante para o tráfego orgânico pois pode-se perceber a relação direta entre a qualidade e originalidade que determinado conteúdo promete produzir através da leitura dos algoritmos dos mecanismos de busca, tornando, assim, seu conteúdo mais acessível para os usuários.


Além do SEO, temos também o Inbound Marketing que, de maneira simplificada, é um conjunto de estratégias que visam atrair potenciais clientes e consumidores e convertê-los através do uso de conteúdos relevantes e sem a necessidade de ir até os indivíduos, mas sim deixando-os virem até seus canais de comunicação por conterem estes conteúdos. Essa estratégia é a que mais colabora com o tráfego orgânico, pois busca trazer conteúdos relevantes, originais e de qualidade para os consumidores, sendo norteados pelo SEO para utilizar dos algoritmos como um impulsionador, buscando alcançar cada vez mais seus potenciais leads e fidelizá-los ao seu negócio.


Portanto, pode-se perceber como utilizar o tráfego orgânico vem se tornando cada vez mais necessário para quem quer ter seu negócio visível no meio digital. Quem estuda e traz estratégias efetivas para movimentar suas mídias sem utilizar de anúncios e propagandas, provavelmente vai obter resultados exponenciais com, muitas vezes, índices maiores de fidelização e engajamento de seu público-alvo. Por fim, é notório como esse mecanismo tende a ser cada vez mais necessário para que se tenha sucesso nessa nova era de mídias sociais.

Texto por: Igor Guitte